Diagnóstico e tratamento do câncer de mama

Diagnóstico e tratamento do câncer de mama

O Outubro Rosa visa mostrar que os cuidados com a saúde feminina devem ser realizados durante o ano inteiro. Entidades como Instituto Nacional do Câncer (INCA) e a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM),além de profissionais especializados na assistência oncológica, são praticamente unânimes em afirmar que ainda existe muita confusão e falta de informação sobre a prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de mama. Por isso, trouxemos esse assunto para você. Continue a leitura.

Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA),o tumor maligno no seio é o segundo tipo de câncer que mais acomete as mulheres no Brasil e o primeiro em números de óbitos. Por outro lado, a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) estima que o diagnóstico precoce aumenta em até 95% as chances de cura.

A informação e a prevenção são a forma mais eficaz de vencer o câncer de mama. Vamos saber mais sobre o diagnóstico e tratamento da doença? 

Como é feito o diagnóstico do câncer de mama?

Como já falamos, quando o tumor é identificado no seu início, as chances de sucesso de cura no tratamento do câncer de mama são de até 95%. Para esse diagnóstico inicial, o exame de toque tem um papel fundamental, fazendo com que as mulheres comecem a conhecer o seu corpo e consigam identificar qualquer alteração visível e palpável no seio e na região. 

Além de observar os caroços, também é preciso se atentar para mudanças no formato ou tamanho do seio, secreção sendo eliminada pelo mamilo ou se ele inverteu para dentro, alterações na textura da pele, vermelhidão e inchaços. Ao perceber um ou mais desses sinais, você deve procurar o seu médico para um diagnóstico mais profundo. 

O autoexame e a ausência de identificação de qualquer um dos sinais que citamos acima não devem ser consideradas as únicas formas de prevenção. Muitas vezes, o sinal não é palpável, nem visível, e o tratamento do câncer de mama pode ser prejudicado, porque o tumor não foi identificado no seu início. Por isso, a consulta médica e a realização de exame de imagem são as melhores formas de realizar o diagnóstico precoce e pela sua eficácia comprovada, a mamografia é o mais usado em programas de rastreamento do câncer. 

Quais são os estádios desse tipo de câncer?

Estadiar um tumor ajuda na compreensão de onde ele está instalado, se ele se espalhou e se está afetando ou não outros órgãos. Esse processo de reconhecimento é dividido em 5 estádios, que vão do zero ao quinto, e cada classificação ajuda na definição do tipo de tratamento que será administrado e a condição do paciente. Quanto maior o estádio, mais avançada a doença se encontra.

Estádios 0, I e II: aqui o tumor se encontra em suas fases iniciais e se limita ao seio, ou seja, não se disseminou para outras partes do corpo. Quando a doença é diagnosticada nessas fases o tratamento do câncer de mama apresenta maior chance de sucesso. 

Estádio 3: nessa fase, a doença é classificada como câncer de mama localmente avançado, indicando que o tumor se espalhou pelo seio, mas ainda não atingiu outros órgãos do organismo.

Estádio 4: momento em que aconteceu a conhecida metástase, ou seja, o tumor avançou para outros órgãos e/ou tecidos do corpo.

Como funciona o tratamento do câncer de mama?

O tratamento do câncer de mama não se baseia em uma única modalidade. A partir de uma análise detalhada do quadro clínico do paciente e do estádio do tumor é sugerido uma combinação de alternativas, que podem favorecer o sucesso da cura, e dependendo da situação, a realização de uma cirurgia para remoção, radioterapia e quimioterapia. Em muitos casos a terapia alvo também é indicada como um eficaz complemento. 

Todo o processo envolve uma equipe multidisciplinar, que deve ser composta por médicos oncologistas especializados, hematologistas, o cirurgião, fisioterapeuta, nutricionista, dentista e psicólogo, entre outros. A união desses profissionais pretende tratar a doença e acima de tudo cuidar da mulher, como um ser integral, usando de empatia, afeto humano e compreendendo a sua dor física e emocional.

Nosso propósito é promover a informação e colaborar efetivamente na prevenção e no tratamento do câncer de mama, por isso, se você gostou desse conteúdo, nos acompanhe no Facebook, no Instagram e confira muitas outras notícias.

Não esqueça que na Vence Onco você encontra a melhor equipe multidisciplinar para tratar a sua doença e promover um atendimento humanizado e integral. Entre em contato e venha nos conhecer.

Publicado por:
Com foco no paciente, a Vence Onco foi fundada em 2018 pela união de médicos oncologistas que compartilham de uma mesma missão: prestar acolhimento médico baseado na empatia e humanização.